Sistema de Recolha de Biorresíduos | Município de Alter do Chão


no image available

O Futuro Constrói-se com Todos os intervenientes no Processo: Municípios, Escolas, Entidades Gestoras de resíduos, Vizinhos e Outros

 

No dia 16 de junho, foi apresentado, no Cine Teatro Municipal de Alter do Chão, o estudo preliminar para o Sistema de Recolha de Biorresíduos do Município.

Este estudo elaborado foi uma equipa multidisciplinar, sob a direção de Marta Evangelista, coordenadora do INOV.LINEA - Tecnologias Alimentares, do TAGUSVALLEY- Parque de Ciência e Tecnologia.

O trabalho apresentado preconiza a viabilidade de implementação de recolha de biorresíduos em todo Portugal Continental por normas europeias a 1 de Janeiro de 2024 e a que toda a população portuguesa terá de aderir.

A sessão contou com a presença de alunos do Agrupamento de Escolas de Alter do Chão, permitindo a sensibilização do público mais jovem do Concelho para a importância da recolha selectiva de biorresíduos e da mudança de hábitos que terá de ser implementada necessariamente em toda a sociedade.

Estiveram também presentes elementos da equipa técnica do Município de Alter do Chão que acompanha o projeto, tal como representantes dos Municípios de Avis, Campo Maior e Portalegre.

E porque esta terá de ser uma solução concertada com todos, a apresentação pública contou com a presença representantes da Valnor e da AreanaTejo - Agência Regional de Energia e Ambiente do Norte Alentejano e Tejo e da Entidade de Gestão em Alta no Alto Alentejo – a VALNOR.

O conceito de biorresíduos foi explorado pelos alunos que se mostraram receptivos a novas aprendizagens e à sua disseminação.

Estes englobam os resíduos biodegradáveis de espaços verdes, nomeadamente os de jardins, parques e campos desportivos, bem como os resíduos biodegradáveis alimentares e de cozinha das habitações, das unidades de fornecimento de refeições e de retalho e os resíduos similares das unidades de transformação de alimentos.

 

   


Data

2021-06-17

Partilhar